top of page

Gramática do Instante e do Infinito

José Eduardo Agualusa

Uma ilha flutuando num mar muito antigo.

Uma mulher preparando um parto.

A eternidade é onde o futuro desagua no passado.

Este livro salva imagens e versos de um infinito instante.

O tempo não passa: está.

Cuidado: contém vida.

Este colofão sintetiza a obra Gramática do Instante e do Infinito do premiado escritor africano José Eduardo Agualusa, cujos romances foram traduzidos em mais de 20 línguas. Nascido em Angola, hoje residente entre Portugal e Moçambique, o autor sempre carrega consigo a máquina fotográfica e utiliza as imagens como sementes que fazem desabrochar a imaginação e construir narrativas. Neste livro, o autor traduziu em poesias e imagens um momento mágico: o encantamento por sua mulher, Yara, durante a gestação de sua filha, Kianda Ainur.


Encadernados em diferentes capulanas (tecidos moçambicanos), os livros desta edição artesanal, numerados e assinados pelo autor, tornam-se únicos. As páginas são impressas uma a uma em papéis especiais, onde são coladas as 12 fotografias impressas
em papel de arroz Hahnemühle.


O conjunto de fotografias deu origem a exposições em Maputo, Guarda e Lisboa. O sucesso da edição portuguesa incentivou a tradução das poesias em quatro outras línguas: inglês, espanhol, francês e umbundu (língua de Huambo, Angola, região natal do autor), o que comporta novas edições.

 

Exposições

Espaço Talante - Ler Devagar, Lisboa - Portugal.
9 de setembro a 24 de outubro de 2022

Centro de Estudos Ibéricos, Guarda - Portugal.
21 de abril a 13 de junho de 2022

Camões -  Centro Cultural Português, Maputo - Moçambique.
1 de dezembro a 12 de fevereiro de 2022